CREAS realiza Campanha Maio laranja “Contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”

CREAS realiza Campanha Maio laranja “Contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”

O CREAS em parceria com Conselho Tutelar, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação reuniram-se nas últimas semanas para apresentar ideias da “Campanha do dia 18 de maio, conhecido como Dia Nacional de Combate ao abuso e exploração sexual.

A proposta inicial foi mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda à sociedade a participar da luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

Para tanto, devido a Pandemia covid19, não foi possível a equipe realizar as palestras como ocorreu em anos anteriores. Dentre algumas no dia alusivo, decoraram vários pontos estratégicos da cidade, com faixas levando mensagens contra abuso sexual, realizaram panfletagem pelas ruas e comércios da cidade, e fizeram um livro para falar desse assunto de tamanha importância para os munícipes.

O disque 100 é o principal meio de denúncia dos crimes envolvendo crianças e jovens. As ligações no Disque 100 são gratuitas, e as denúncias são anônimas. O atendimento é 24h, inclusive domingos e feriados.

“Infelizmente está é uma realidade que deve ser combatida, e ações como está visam conscientizar a sociedade na defesa de nossas crianças diante de situações de que muitas vezes elas não podem se defender sozinha; anualmente por ocasião desta, realizamos este trabalho junto com as crianças e adolescentes para que elas saibam identificar as atitudes de pessoas que se aproximam delas e suas reais intenções. As famílias devem evitar situações em que as crianças não se sintam seguras, e caso alguém aja com ela de modo estranho, ela deve informar o mais rápido possível os pais e responsáveis”, ressaltou a coordenadora do CREAS Rozânia Rodrigues.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o abuso sexual nem sempre está ligado a um ato violento e doloroso. Sem contato físico: verbal, telefonemas, gestos obscenos, mostrar pornogragia etc...

Carícias nos órgãos genitais (masturbação) sexo oral, penetração vaginal e anal. O abusador não tem um perfil específico. Geralmente é alguém que está acima de qualquer suspeita. Uma pessoa com excesso de cuidados, fique atento; como: pai, avô, tio, primo, irmão mais velho, melhor amigo da família etc...

O agressor nem sempre é só homem, mulheres também cometem abusos sexuais, por isso fiquem atentos em alguns sinais tais como:

Mudança de comportamento da criança, Proximidade excessiva, Desempenho escolar, Perturbação do sono, Questões sobre sexualidade, Tristeza profunda, Baixa auto-estima, Agressividade, Depressão, Sentimento de culpa: que pode motivar a comportamentos de autoflagelo e ideias suicidas.

Portanto Pais: conversem com seus filhos; oriente-os, ensine a diferença de carinho bom e ruim; Acredite no seu filho, caso relate alguma situação. O perigo pode estar dentro de casa, fique atento.

Esquecer é permitir; lembrar é combater.

Faça bonito, PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES.

ACESSO Rápido
Sec. de Saúde
3239-1260
Sec. de Meio Ambiente
3239-1948
Sec. de Assistência Social
3239-1511
Sec. de Educação
3239-1501
Sec. Desenvolvimento
3239-2045
Sec. de Infra Estrutura
3239-1061
Sec. de Esporte
3239-2722
Previdência Municipal
3239-2609
Prefeitura Municipal
3239-1259
Gabinete do Prefeito
3239-1440
Hospital
3239-2698
Polícia Militar
190
Polícia Rod Federal
191
Corpo de Bombeiros
193
Tag3 - Desenvolvimento Digital

leziz yemek tarifleri
Edremit Zeytin Fiyatları